Blockchain

Argentina investirá em blockchain com apoio da Binance

O governo da Argentina está pronto para investir em startups de blockchain em estágio inicial. De acordo com matéria do CoinDesk, a iniciativa será apoiada pela Binance Labs, o setor de investimento da Binance, a maior exchange do mundo por volume negociado. A parceria durará quatro anos.

O Ministério da Produção e Trabalho do país anunciou hoje (06) que vai combinar investimentos de até US$ 50.000 em cada projeto de blockchain argentino que receber financiamento da Binance Labs (através da segunda temporada de seu programa de incubadoras) e da LatamEX Founders Lab. O ministério planeja investir em até 10 projetos por ano e fará os investimentos através do Founder Labs, um acelerador de blockchain local.

“A América Latina apresenta um dos mercados mais atraentes para a adoção de blockchain e casos de uso real, e a Argentina está liderando o caminho, abrindo o mercado”, disse Pablo Orlando, fundador e CEO da LatamEx e Founders Lab.

O contrato de co-investimento foi assinado depois que a Binance Labs selecionou a capital da Argentina, Buenos Aires, como um dos hubs para sua segunda temporada do programa de incubadoras, de acordo com o anúncio.

Ella Zhang, chefe da Binance Labs, disse em um comunicado:

“Estamos muito entusiasmados em apoiar projetos blockchain, empreendedores e desenvolvedores em Buenos Aires, assessorá-los e orientá-los, encontrar o ajuste do mercado de produtos e fornecer acesso em tempo ao desenvolvimento de tecnologia blockchain global para resolver problemas locais.”

Santiago Siri, fundador da startup de blockchain Democracy Earth Foundation e investidor em várias startups de criptomoedas argentinas concordou, dizendo:

“O setor está crescendo, está crescendo muito bem. Está fornecendo muitos empregos. As pessoas estão usando essas tecnologias para as verdadeiras necessidades de sobrevivência e se encontrando em um mundo melhor do que se tivessem que confiar no governo.”

Com a Argentina atormentada por crises financeira e altas inflações, mais pessoas têm procurado usar a tecnologia blockchain e os ativos digitais. O governo precisa desenvolver “uma estratégia de busca de estabilidade que inclua bitcoin em parte”, escreveu Michael J. Casey, presidente do conselho consultivo da CoinDesk e consultor de pesquisa de blockchain da Digital Currency Initiative do MIT em setembro passado.

Crédito da imagem: Binance Labs

ONDE COMPRAR  BITCOIN E CRIPTOMOEDAS:

Related posts

Diretor da Petrobras Distribuidora enaltece tecnologia blockchain

Marcele Blanchart

PewDiePie se une à plataforma de blockchain live streaming

Marcele Blanchart

Geladeira blockchain é criada e permite rastreamento de energia

Marcele Blanchart

SEC procura consultor jurídico especializado em criptomoedas

Marcele Blanchart

Facebook procura consultor blockchain

Marcele Blanchart

Leave a Comment