Brasil

Brasil bate recorde de busca por “Bitcoin” no Google

Após a alta do mercado, mais pessoas no mundo têm pesquisado “Bitcoin” no Google. Dados do Google Trend revelam um novo recorde de buscas em 2 de abril, mesmo dia em que a primeira criptomoeda atingiu o preço de US$5 mil.

Embora o Google Trends não forneça o número exato de pesquisas, é aparente que a quantidade de pesquisas “bitcoin” em todo o mundo atingiu 90% do que foi em 20 de novembro. Como é possível ver no gráfico, as buscas sobre “bitcoin” dispararam na terça-feira à medida que investidores, traders e a mídia buscavam razões para o aumento do preço da criptomoeda. No Brasil, o recorde foi ainda maior, já que muitas pessoas não buscaram por “Bitcoin” no dia 20 de novembro.

Os dados do Google revelam ainda que a maior quantidade de buscas sobre o Bitcoin foi na Nigéria, África do Sul, Santa Helena, Países Baixos e Gana, nessa ordem. Os EUA, o Canadá e o Reino Unido não chegaram ao top 10 da maioria dos pesquisadores de bitcoin, ficando em 11, 12 e 17, respectivamente. O Brasil ficou na 30ª posição.

No país, os estados com maior procura foram Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo e Mato Grosso.

O significado de um aumento nas buscas por bitcoins pode parecer banal, mas estudos mostram que existe uma conexão entre o preço da criptomoeda e seu interesse de busca. As principais descobertas sugerem que períodos de baixo volume de pesquisas tendem a preceder grandes markups no preço que coincidem com os famosos, ou talvez infames, ciclos de mercado do bitcoin.


ONDE COMPRAR  BITCOIN E CRIPTOMOEDAS:

Related posts

Exchange Foxbit vence Banco do Brasil na Justiça

Marcele Blanchart

Presidente do Banco Central revela entusiasmo por blockchain

Marcele Blanchart

Empresa brasileira é proibida de fazer ofertas públicas de investimento

Marcele Blanchart

Atlético-PR encerra parceria com empresa criadora de seu token

Marcele Blanchart

Banco Bradesco assina com IBM e lançará seu stablecoin

Marcele Blanchart

Leave a Comment