“QUALQUER SISTEMA TRANSACIONAL QUE USA OS SISTEMAS DE CRIPTOGRAFIA ATUAIS, COMO BLOCKCHAIN OU CRIPTOMOEDAS, PODERIA SER FACILMENTE QUEBRADO POR UM COMPUTADOR QUÂNTICO. POR ISSO É QUE JÁ HÁ ESTUDOS EM ANDAMENTO SOBRE COMO TORNAR OS SISTEMAS ATUAIS RESISTENTES À COMPUTAÇÃO QUÂNTICA.”

Segundo o diretor, a IBM desenvolveu um algorítimo de criptografia capaz de não ter seu sigilo quebrado  nem por computadores quânticos. “Nosso conselho é para que as empresas migrem para as formas alternativas de criptografia para que não fiquem vulneráveis aos computadores quânticos”, afirmou Mello.

Até mesmo o Bitcoin, que usa o algorítimo de hash SHA-256, RIPEMD160 e a assinatura Elliptic Curve Digital do algorítimo de criptografia ECDSA, pode estar vulnerável. Muitos acreditam que o ataque de computador quântico poderia comprometer o protocolo ECDSA utilizado pela moeda.

Os desenvolvedores do Bitcoin, do Ethereum e da IOTA já disseram que a nova tecnologia não representa nenhum risco e que possuem resistência quântica embutida. Eles dizem que um computador quântico não é capaz de quebrar as chaves no curto período de tempo específico, que é no intervalo em que uma transação é feita pela primeira vez e quando ela entra em um bloco.