Blockchain Brasil

Universidade Federal do Ceará contrata empresa especializada em blockchain

A Universidade Federal do Ceará (UFC), por meio da Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (FCPC), contratou os serviços da Network Secure Segurança da Informação Ltda. A universidade já estava interessada na tecnologia blockchain e em busca de uma empresa especializada em consultoria em Segurança da Informação.

A empresa Network Secure Segurança da Informação Ltda foi selecionada, por meio de licitação. O contrato é no valor de R$80 mil e começa no dia 31 de março. A Network Secure fornecerá transferência de tecnologia, com ênfase em implementações de domínio público, para lidar com os aspectos de segurança no âmbito do desenvolvimento de soluções envolvendo Internet das Coisas (IoT, Internet of Things), Blockchain e Computação em Nuvem.

De acordo com o Termo de Referência do edital, as empresas que se candidataram à prestação de serviço, deveriam apresentar suas propostas de acordo com três itens norteadores:

1- Levantamento das melhores práticas e ferramentas para segurança da informação e recomendação de uso no âmbito do projeto, com ênfase em tecnologias de domínio público e nos protocolos usados pelos componentes da plataforma, através de uma dedicação presencial (dentro do laboratório e junto com a equipe de P&D do projeto) mínima de 60 (sessenta) horas;

2 – Transferência de tecnologia visando capacitação de pessoal em Segurança da Informação, na forma de uma oficina hands-on (workshop) aberta a pelo menos 20 pessoas, com carga horária mínima de 8 horas e emissão de comprovante de participação, ministrado por profissional com certificação, conforme o seguinte escopo mínimo: o Padrões técnicos de segurança e boas práticas de desenvolvimento; o Metodologia para análise de vulnerabilidades; e o Tratamento de vulnerabilidades na integração das tecnologias IoT, Blockchain e Computação em Nuvem.

3- Realizar testes, simulações e avaliações semanais a fim de determinar vulnerabilidades da plataforma em desenvolvimento e expor pontos de atenção. Os resultados dessas atividades deverão ser consolidadas e apresentadas em forma de relatórios para o time de desenvolvimento, assim como indicação de ameaças, os riscos associados e as respectivas ações corretivas aplicáveis, bem como definir estratégias para recuperação e continuidade.

A notícia foi publicada na quinta-feira (14) no Diário Oficial da União. A regularidade da empresa já foi verificada. O critério adotado na escolha da empresa foi o de menor preço. A sessão pública do leilão foi aberta na internet no dia 07 de março e foi realizado por meio do sistema do Banco do Brasil, sob o número 756232, no endereço eletrônico www.licitacoes-e.com.br.

ONDE COMPRAR  BITCOIN E CRIPTOMOEDAS:

Related posts

Diretor da Petrobras Distribuidora enaltece tecnologia blockchain

Marcele Blanchart

PewDiePie se une à plataforma de blockchain live streaming

Marcele Blanchart

Geladeira blockchain é criada e permite rastreamento de energia

Marcele Blanchart

Brasil bate recorde de busca por “Bitcoin” no Google

Marcele Blanchart

SEC procura consultor jurídico especializado em criptomoedas

Marcele Blanchart

Leave a Comment